Prefeito de Caroebe prorroga decreto com toque de recolher a partir das 21h
Decreto que estabelece toque de recolher das 21h às 6h foi prorrogado pelo prefeito Osmar Filho pela segunda vez

Prefeito de Caroebe prorroga decreto com toque de recolher a partir das 21h

O prefeito de Caroebe, Osmar Filho, prorrogou nesta terça-feira (16) pela segunda vez, os efeitos do Decreto Municipal que estabelece toque de recolher entre as 21h e 6h e o uso obrigatório de máscara para conter o avanço do coronavírus no município.

Conforme o documento, a medida é válida por mais 15 dias e foi publicada em Diário Oficial. A primeira edição do Decreto foi publicado pelo gestor no dia janeiro, por recomendação do governo de Roraima, como forma de tentar deduzir os altos números de contaminados e de internações pela Covid-19 no estado.

Caroebe tem 1.495 casos confirmados de Covid-19 e 15 mortes pela doença, conforme boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde. Ontem, Roraima chegou a 86.022 casos de infectados e 1.250 mortes causadas por coronavírus.

O decreto publicado pelo prefeito Osmar Filho estabelece também a suspensão das aulas de todas as escolas da rede municipal de ensino e creches, conforme disposto na legislação de regência, bem como definição de calendário para sua reposição no Exercício de 2021.

“O decreto prorroga o toque de recolher, das 9h as 6h, e estabelece que funcionamento de bares, restaurantes, lanches e afins, inclusive delivery, funcionem até as 20h30. Ainda esta em vigor o primeiro decreto, que suspende a realização de quaisquer eventos que possam gerar aglomerações e uso obrigatório de máscara”, disse a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Caroebe.

Continuam prorrogadas as medidas:

• Durante o toque de recolher, apenas profissionais de saúde ou de atividades essenciais podem circular na cidade;
• Servidores com mais de 60 anos, gestantes e portadores de comorbidades estão autorizados a trabalhem de casa;
• Estabelecimentos devem controlar o distanciamento entre os clientes e observar as regras sanitárias para conter a circulação do vírus, e disponibilizar álcool gel 70%;
• Férias e licenças de servidores da Secretaria Municipal de Saúde pelo período de até 60 dias;
• Suspensão dos deslocamentos e viagens dos servidores ou agentes a serviço prefeitura pelo período de 30 dias, exceto aqueles considerados imprescindíveis para a Administração Municipal;
• Os bares, restaurantes, lanchonetes, lojas de conveniência, supermercados e padarias poderão atender apenas duas pessoas por mesa, com distanciamento de no mínimo 2 metros entre as mesas, até as 20h30.
• As reuniões religiosas estão liberadas com a capacidade reduzida a 50% do normal, distanciamento, uso obrigatório de máscaras.

Com informações e imagem do Portal G1 Roraima

Luiz Valério

Jornalista, escritor, blogueiro e podcaster. Especialista em Comunicação Social e Novas Tecnologias. Profissional de Marketing Digital. Fundador e Editor-chefe do Jornal Roraisul. (Uma ousadia e aventura inesquecível com meu sempre amigo Osmar Morais).

Deixe uma resposta