You are currently viewing Postos de saúde de Boa Vista começam a vacinar grupo prioritário da primeira etapa
No total, 231.240 doses foram aplicadas em todos os municípios de Roraima. Foto: arquivo

Postos de saúde de Boa Vista começam a vacinar grupo prioritário da primeira etapa

A prefeitura já iniciou a campanha de vacinação contra a Influenza (gripe). Nesta primeira etapa, devem comparecer às unidades básicas de saúde (que não atendem casos exclusivos de Covid-19) as gestantes, puérperas e crianças de seis meses a menores de seis anos de idade, na data estabelecida e de acordo com o mês de aniversário.

Este ano, toda a logística para receber os pacientes foi pensada com objetivo de minimizar e evitar aglomerações nas unidades, preservando a segurança de todos. A meta da campanha é vacinar pelo menos 90% do público-alvo.

Daniela Pereira Santos, 24, assistente administrativa levou a pequena Alice Emanoelly, de 10 meses, na unidade do São Pedro para tomar a vacina. Ela aprovou a nova estratégia de atendimentos.

“Muito importante essa nova estratégia, em meio a toda essa situação de pandemia que vivemos, evitando aglomerações. A imunização é necessária para evitar doenças, principalmente agora para evitar a gripe. Procuro manter sempre a caderneta da minha filha atualizada”.

Já os trabalhadores de saúde, que também estão contemplados na primeira etapa, serão imunizados no período de 1 a 10 de maio. O município de Boa Vista recebeu 15 mil doses da vacina para a primeira etapa. A segunda fase da campanha (11/05 a 08/06) vai contemplar os idosos com mais de 60 anos de idade e professores.

Já a terceira e última (09/06 a 09/07) contempla as pessoas com comorbidades; com deficiência permanente; caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso; trabalhadores portuários; Forças de segurança e Salvamento; Forças Armadas; funcionários do sistema de privação de liberdade; população privada de liberdade e adolescentes e jovens em medidas socioeducativas.

Confira a estimativa de cada público pelo Ministério da Saúde:

Crianças de seis meses a menor de dois anos – 13.404

Crianças de dois a quatro anos – 20.814

Crianças de cinco anos – 6.628

Gestantes – 6.702

Puérperas – 1.102

Pessoas com 60 anos e mais – 29.108

Trabalhadores da saúde – 9.945

Povos indígenas – 4.048

Comorbidades – 7.135

População Privada de Liberdades e Adolescentes em Medidas Socioeducativas – 3.876

Professores -5. 119

Forças Armadas -4.026

Pessoas com Deficiência – 11.480

Luiz Valério

Jornalista, escritor, blogueiro e podcaster. Especialista em Comunicação Social e Novas Tecnologias. Profissional de Marketing Digital. Fundador e Editor-chefe do Jornal Roraisul. (Uma ousadia e aventura inesquecível com meu sempre amigo Osmar Morais).

Deixe um comentário