You are currently viewing Incra inicia nesta quarta-feira (04) pagamento de crédito para assentados de Roraima
A agricultora Elizete Lima Aragão disse que vai investir o credito na produção de farinha. Foto: arquivo pessoal

Incra inicia nesta quarta-feira (04) pagamento de crédito para assentados de Roraima

Começa nesta quarta-feira (4), o pagamento de R$ 1,91 milhão em recursos do Crédito Instalação a 133 famílias de assentamentos em Roraima. O valor, garantido pelo Incra, refere-se às modalidades Apoio Inicial e Habitacional. O dinheiro é creditado em contas específicas no Banco do Brasil e sacado com cartão magnético individual.

Na modalidade Habitacional, serão atendidos 104 assentados. Cada um receberá R$ 34 mil, em duas parcelas, para construir ou ampliar as moradias. Amanhã será creditado o valor referente à primeira parcela, de R$ 17 mil. A Associação dos Pequenos Produtores do PA Seringueira (Aspapas) conduzirá as obras. A entidade se credenciou por meio de edital lançado pelo Incra. Os trabalhos devem ser iniciados ainda neste mês de agosto e a previsão de entrega das chaves é dezembro deste ano.

Conforme o superintendente do Incra em Roraima, Antônio Adessom Gomes dos Santos, um total de 320 beneficiários da reforma agrária vão acessar os recursos. “Nesta primeira etapa, foram assinados contratos em sete assentamentos, nos municípios de Boa Vista, Cantá e Caracaraí. Mas o trabalho continua, com o levantamento das famílias que vivem em moradias precárias ou insuficientes em outros locais”, explica.

Quem quiser se candidatar a receber os valores disponibilizados precisa ter a situação regular junto ao Incra. Além de possuir o Contrato de Concessão de Uso (CCU) ou o título definitivo, é necessário residir efetivamente na parcela.

Produção

Já as 29 famílias a receberem o Apoio Inicial vivem em 12 áreas de reforma agrária roraimenses. O valor individual é de R$ 5,2 mil. “Com esse recurso, o assentado pode comprar alimentos, bens duráveis de uso doméstico e equipamentos a serem utilizados na produção”, afirma o superintendente. Neste ano, o Incra já pagou 236 contratos da modalidade. O investimento foi de R$ 1,22 milhão.

André Coutinho Lima e Elizete Lima Aragão estão na expectativa de receber o crédito na conta. Eles vivem há sete anos no assentamento Nova Amazônia, no município de Boa Vista. Planejam usar o dinheiro no plantio de mandioca e na construção de uma casa de farinha.

A gente já planta melancia, feijão, cana, macaxeira, e agora queremos ampliar a produção com a mandioca e a casa de farinha, para melhorar a renda do nosso lote”, diz a agricultora.

Luiz Valério

Jornalista, escritor, blogueiro e podcaster. Especialista em Comunicação Social e Novas Tecnologias. Profissional de Marketing Digital. Fundador e Editor-chefe do Jornal Roraisul. (Uma ousadia e aventura inesquecível com meu sempre amigo Osmar Morais).

Deixe um comentário