Governo entrega benefício alimentar para mais de 1000 famílias
O governador Antônio Denarium acompanhou pessoalmente a entrega dos cartões

Governo entrega benefício alimentar para mais de 1000 famílias

A Sexta-feira Santa será diferente para mais de mil famílias em situação de vulnerabilidade social neste momento de pandemia. Logo cedo, seguindo todos os protocolos recomendados pelas autoridades de saúde para evitar o contágio da covid-19, o governo do estado por meio da Setrabes (Secretaria do Trabalho e Bem-Estar Social) começou o “mutirão do bem” para a entrega de cartões do programa emergencial Cesta da Família nos bairros Cidade Satélite e Senador Hélio Campos.

O governador Antonio Denarium acompanhou pessoalmente a entrega que foi feita de casa em casa e destacou a importância do Cesta da Família.  “Estamos ajudando as famílias carentes e nossa meta é atingir 50 mil famílias na capital, no interior, nas comunidades indígenas e comunidades ribeirinhas. Já entregamos mais de 14 mil cartões em Boa Vista que já vêm carregado com R$ 200 e pode ser utilizado em mais de 800 supermercados credenciados em toda a Capital. É o Governo do Estado trabalhando para levar a segurança alimentar para aquelas pessoas que mais precisam nesse momento de pandemia” ressaltou.

Famílias beneficiadas falam das dificuldades em tempos de pandemia

Desde o início da pandemia o merendeiro Eder Lopes tem enfrentado dificuldade para colocar comida na mesa. Desempregado, ele mora em uma área de ocupação no Cidade Satélite e vive da venda de lanches, porém, necessita de um complemento na renda para garantir o alimento de cada dia.

“O cartão chegou na hora certa. Fico muito agradecido, não só por mim, mas todas as famílias que estão em situação semelhante e que também não estão conseguindo nem o alimento nesse momento de crise”, disse.

A dona de casa Erisvania Cruz que vive na mesma área de ocupação está desempregada. Ela é responsável pelo sustento de quatro filhos. Com a geladeira vazia, diz que depende de doações para garantir a alimentação de todos.

“Eu estou muito feliz, já vou ao mercado comprar comida para os meus filhos, encher essa geladeira. Vou comprar arroz, feijão, macarrão e outras coisinhas para matar a nossa fome”, declarou.

A moradora do Cidade Satélite, Janaína Araújo, explica que o cartão chegou em boa hora. “Estou desempregada e só o meu esposo está trabalhando. Só um salário não sustenta a família, ainda mais nesse momento de pandemia. Estou muito agradecida, pois vou conseguir fazer o rancho, garantir o alimento da minha família. Também já vou garantir o peixe da Sexta-feira Santa”, comemorou 

A dona de casa Elizete Honorato explicou que em sua família apenas uma pessoa tem renda e que com o recebimento do cartão nesta sexta-feira santa poderá adquirir o tradicional peixe e, para domingo, o ovo da páscoa para as crianças.

“Nós somos autônomos e estamos passando uma dificuldade muito grande, pois os pequenos sempre passam mais dificuldade. O movimento tá escasso com a pandemia e a gente tá passando grandes dificuldades. Agora o cartão vai ajudar porque vai acrescentar no orçamento e vamos comprar um peixe, ovo da páscoa porque nós temos uma criança e ela vai ficar bem feliz com o ovo da páscoa”, explicou.

Comércios ganham com o beneficio entregue às famílias

Com a entrega dos cartões, os pequenos comércios instalados no bairro terão a oportunidade de aquecer as vendas e ter um faturamento médio de R$ 142,4 mil.

A proprietária de um comércio Rutilene da Cunha torce para que todas as famílias que tenham necessidade possam ser contempladas com o programa.

“Primeiramente é uma bênção que Deus manda e, segundo, pelo trabalho de vocês por ajudar aqueles que necessitam. Que Deus abençoe a vida de cada um e que todo mundo possa vir aproveitar cada vez mais esse cartão, pois eu agradeço porque isso representa muito para mim”, agradeceu.

O Governador Denarium destacou que o benefício garante dignidade e possibilita às famílias a oportunidade de garantir alimento para suprir o momento de dificuldade pela qual passam neste período de pandemia.

“A proposta do projeto emergencial executado pela Setrabes é a garantia de alimento às famílias que realmente necessitam deste benefício. Esperamos atender 50 mil famílias ainda este semestre”, destacou.

Luiz Valério

Jornalista, escritor, blogueiro e podcaster. Especialista em Comunicação Social e Novas Tecnologias. Profissional de Marketing Digital. Fundador e Editor-chefe do Jornal Roraisul. (Uma ousadia e aventura inesquecível com meu sempre amigo Osmar Morais).

Deixe uma resposta