Governo de Roraima doa calcário para micro agricultores

You are currently viewing Governo de Roraima doa calcário para micro agricultores
Ascom Seapa

O Governo de Roraima, por meio da Seapa (Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento), iniciou a doação de 2.250 toneladas de calcário para micro e pequenos produtores, principalmente para os que produzem hortaliças, com o objetivo de auxiliar na correção de solo e melhorar a produção agrícola.

“O calcário utilizado como fertilizante, chegou na hora certa, para dar uma impulsionada no micro agricultor que estava desmotivado, por questões financeiras mesmo. Eu fico muito feliz em ver o entusiasmo de volta, em quem não tinha mais esperança de melhorar seu plantio ainda este ano, e agora recebe esta doação”, destacou o governador Antonio Denarium.

Segundo Aluizio Nascimento, secretário da Seapa, o calcário agrícola é um produto estremamente importante para qualquer lavoura.

“Com a doação concretizada, os pequenos produtores terão a oportunidade aumentar a produtividade em suas propriedades, pois o calcário utilizado como fertilizante irá corrigir a acidez do solo, e assim as hortas irão produzir muito mais e com altíssima qualidade”, explicou.

Seu Laudelino Peruzzo, da Associação de Agricultores Familiares do Pólo 4, na PA Nova Amazônia, que possui mais de 100 pequenos produtores rurais, agradece a doação e fala sobre a importância do calcário para os pequenos produtores.

“Isso é um incentivo ao pequeno agricultor, pois vai corrigir, o que eles estão fazendo já. E vai fortalecer o pequeno porque muitos não têm condições de estar comprando hoje. Devido à pandemia, houve muita falta do produto, então, isso vem incentivar eles. Agradeço à secretaria, ao Governo que está contribuindo com essa obra aí, muito obrigado”, disse.

CORREÇÃO DO SOLO

Os solos roraimenses contêm muita acidez e, por isso, se faz necessário fazer a correção para que a produção não seja afetada, é o que explica Rosianne Thomé, diretora do Dater (Departamento de Extensão Rural) da Seapa.

“Quando se aplica o calcário, ele tira o alumínio que é um elemento tóxico para as plantas e vai aumentar o PH para uma faixa ideal, que as plantas conseguem tirar os nutrientes do solo. Então, o calcário faz com que os nutrientes estejam disponíveis para a planta absorver, se nutrir e produzir os frutos”, explica a especialista.

A cooperativa CooperCinco também será beneficiada. Hoje, ela representa mais de 645 produtores e o calcário será destinado àqueles que produzem principalmente hortaliças.

“Hoje isso vai ser um incentivo, porque no cenário que estamos vivendo hoje, os insumos, os preços foram lá para cima, uma doação do Estado como está acontecendo vai incentivar muitos agricultores que deixaram de plantar, por falta de condições mesmo. O pontapé inicial de uma lavoura é o calcário, que tira a acidez do solo, eles vão ficar muito satisfeitos com essa iniciativa do Governo e da Seapa” comemorou o agricultor Sérgio Fernandes Medeiros, um dos sócios da Coopercinco.

Luiz Valério

Jornalista, escritor, blogueiro e podcaster. Especialista em Comunicação Social e Novas Tecnologias. Profissional de Marketing Digital. Fundador e Editor-chefe do Jornal Roraisul. (Uma ousadia e aventura inesquecível com meu sempre amigo Osmar Morais).

Deixe um comentário