COVID-19 | Roraima recebe novas remessas de vacinas

You are currently viewing COVID-19 | Roraima recebe novas remessas de vacinas
As prefeituras de cada município devem vacinar as pessoas cumprindo o cronograma do Plano Nacional de Vacinação, definido pelo Ministério da Saúde

O deputado federal Hiran Gonçalves (Progressistas) acompanhou a chegada de mais uma remessa de vacinas contra a Covid-19 para Roraima. As doses começaram a chegar neste domingo (02/05) e somam juntas 16.320 vacinas, distribuídas em 1.170 Pfizer, 13.750 AstraZeneca e 1.400 Coronavac. O parlamentar faz parte da Comissão Externa de Acompanhamento ao Coronavírus, a única comissão da Câmara Federal que funcionou presencialmente no ano passado e criada para acompanhar e trabalhar ações para combater a pandemia.

“Estamos trabalhando para uma cobertura vacinal o mais ampla possível, que começou quando nós conseguimos liberar por meio de uma Medida Provisória, assinada pelo presidente Jair Bolsonaro, o acordo com a AstraZeneca e a Oxford no valor de R$ 1,9 bilhões. Esse recurso não era só para comprar os insumos farmacêuticos ativos, mas também para que nós pudéssemos fazer a transferência de tecnológica e começar a produzir as vacinas no Brasil. Hoje uma parte delas já é feita no nosso país com o apoio do Governo Brasileiro, tanto na Fiocruz quanto no Butatan, que são referências. Estamos caminhando a passos largos para conseguir fazer a cobertura vacinal o mais rápido possível”, destaca Hiran Gonçalves.

A SESAU – Secretaria Estadual de Saúde em Roraima recebe as vacinas das vacinas com o acompanhamento de funcionários do Ministério da Saúde. As doses chegam no Aeroporto Internacional de Boa Vista e são encaminhadas imediatamente com a segurança da Polícia Federal para o PNI, o prédio do Programa Nacional de Imunização. De lá as vacinas são enviadas aos municípios para cada prefeitura encaminhar para as salas de vacinas e postos de vacinação, realizando a vacinação. Roraima já recebeu até agora quase 200 mil doses de vacina contra a Covid-19.

A coordenadora da Vigilância em Saúde da Secretaria Estadual de Saúde, Valdirene Vieira, explica que “essas novas remessas que chegam hoje e amanhã vão atender a segunda dose da Coronavac de quem já tomou a primeira, iniciar mais uma fase dos grupos prioritários vacinando pessoas com comorbidade e tem um quantitativo para atender também as forças de segurança, salvamentos e força armadas”.

As prefeituras de cada município devem vacinar as pessoas cumprindo o cronograma do Plano Nacional de Vacinação, definido pelo Ministério da Saúde.

Luiz Valério

Jornalista, escritor, blogueiro e podcaster. Especialista em Comunicação Social e Novas Tecnologias. Profissional de Marketing Digital. Fundador e Editor-chefe do Jornal Roraisul. (Uma ousadia e aventura inesquecível com meu sempre amigo Osmar Morais).

Deixe um comentário