Campanha de Vacinação contra Febre Aftosa inicia nesta sexta-feira (1º) em RR

You are currently viewing Campanha de Vacinação contra Febre Aftosa inicia nesta sexta-feira (1º) em RR
Foto: Secom-RR

De 1 a 31 de outubro o Governo do Estado, por meio da Aderr, vai realizar a 42ª Campanha de Vacinação contra Febre Aftosa em Roraima. A meta é imunizar cerca de 380 mil animais de 0 a 24 meses.

Os produtores devem ficar atentos para a atualização dos dados cadastrais. A retirada da vacina está prevista para 2023, prazo que ainda será confirmado pelos Estados integrantes do Bloco 2, composto por Roraima, Amazonas, Amapá e Pará.

Com a retirada a cadeia produtiva da carne bovina desses Estados terá vários benefícios, como: diminuição de custos, possibilidade de novos mercados, trabalho e desgaste no manejo dos animais.

“Em contrapartida aumentará também a responsabilidade de todos os envolvidos a fim de reforçar os cuidados com o rebanho, que precisa estar sempre sendo monitorado em ações constantes de prevenção”, pontuou a diretora de Defesa Animal da Aderr, Erika Paracat.

A retirada da vacinação também vai proporcionar maior lucratividade para o produtor rural do Estado, além de ratificar a Defesa sanitária de Roraima como capaz de manter o status de área livre de febre aftosa sem vacinação.

Rebanho bovino e bubalino ultrapassa casa do milhão

Roraima chega a 1.000.879 animais entre bovinos e bubalinos. Os números vêm aumentando nos dois últimos anos, reflexo direto das ações que vêm sendo implantadas pelo Governo do Estado.

A retirada da vacina vai possibilitar a abertura do mercado de carnes no chamado “circuito não aftósico”, onde a exportação chega à casa dos bilhões de Reais.

“Nosso rebanho cresceu. Isso é muito importante. Vamos realizar mais uma campanha para reforçar a luta contra a febre aftosa, consolidando cada vez mais nossa área, livre da doença com vacinação e assegurar a sanidade de bovinos e bubalinos. Precisamos do envolvimento de todos, desde o produtor rural, comerciantes e técnicos da Aderr, para continuarmos com uma alta cobertura vacinal para conquistarmos nosso objetivo maior, que é área livre da aftosa sem vacinação,” enfatizou o governador Antônio Denarium.

NOTIFICAÇÃO

O produtor tem até o dia 15 de novembro para fazer a notificação de vacinação junto à Aderr. Para isso, basta apresentar as notas fiscais da vacina e os dados do rebanho, que inclui sexo e idade dos animais. “Mas a partir do momento que vacinar, o produtor já pode fazer a declaração, não deixando para a última hora,” ressaltou o presidente da Aderr, Kelton Lopes.

Ele lembrou que é importante o produtor rural preparar seus animais para receber a vacinação e ficar atento para a atualização dos dados cadastrais.

Luiz Valério

Jornalista, escritor, blogueiro e podcaster. Especialista em Comunicação Social e Novas Tecnologias. Profissional de Marketing Digital. Fundador e Editor-chefe do Jornal Roraisul. (Uma ousadia e aventura inesquecível com meu sempre amigo Osmar Morais).

Deixe um comentário