Bombeiros resgatam animais ilhados por conta das cheias

You are currently viewing Bombeiros resgatam animais ilhados por conta das cheias
Os cães foram resgatados pelos homens do Corpo de Bombeiros

Na manhã deste domingo, 16, equipes dos bombeiros em Rorainópolis, região Sul do Estado, resgataram animais domésticos em uma propriedade rural, às margens do rio Anauá, acesso pela BR 174, a uns 25 quilômetros da sede do município.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil Estadual, coronel Cleudiomar Ferreira, o proprietário do lote rural, Sandro Ribeiro da Silva, saiu para visitar familiares em Rorainópolis e não esperava que o nível das águas do rio Anauá subisse tão rápido e deixasse a sua casa e os cachorros ilhados.

Os animais ficaram uns três dias ilhados até que o morador foi pedir socorro à equipe de bombeiros que se deslocou para a região nesse sábado, 15, mas o carro atolou e não foi possível chegar ao lote. Os bombeiros retornaram de embarcação, neste domingo, e resgataram os animais e alguns pertences do morador.

O coronel Claudiomar explicou que esse tipo de situação pode se tornar comum durante esse período.

“Os cuidados que os moradores devem ter com seus animais domésticos, principalmente os cães, é muito importante. A maioria dessas pessoas utiliza os cães exatamente para a proteção da casa e de suas famílias”, ressaltou.

O coordenador destacou que os moradores não devem abandonar os seus animais. Se acontecer uma situação semelhante em qualquer dos municípios, podem ligar para o número 193, ou procurar a Companhia de Bombeiros Militar, caso haja no município.

Ele disse ainda que, nesse momento, há equipes atuando em quase todos os municípios. São os brigadistas e os bombeiros militares prestando apoio tanto à população.

Luiz Valério

Jornalista, escritor, blogueiro e podcaster. Especialista em Comunicação Social e Novas Tecnologias. Profissional de Marketing Digital. Fundador e Editor-chefe do Jornal Roraisul. (Uma ousadia e aventura inesquecível com meu sempre amigo Osmar Morais).

Deixe um comentário