You are currently viewing Atuação da Força Tarefa de Intervenção Penitenciária em Roraima valerá por mais 90 dias
Foto: Secom-RR

Atuação da Força Tarefa de Intervenção Penitenciária em Roraima valerá por mais 90 dias

A atuação da Força Tarefa de Intervenção Penitenciária (FTIP) no sistema prisional de Roraima valerá por mais 90 dias. A autorização do Ministério da Justiça e Cidadania foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira, 3, e segue o convênio de Cooperação Federativa de Força Nacional entre o Governo de Roraima e a União.

Entre a publicação da determinação e o prazo final da vigência, no dia 31 de outubro, a FTIP atuará com as atividades e serviços de guarda, vigilância e custódia de presos, entre outros trabalhos, conforme previsto em lei. A FTIP atua no sistema prisional de Roraima há dois anos.

O governador Antonio Denarium ressaltou a importância dessa parceria entre o Executivo estadual e o Ministério da Justiça e Cidadania para garantir o bom fluxo de trabalho nos presídios de Roraima.

“Essa parceria entre o Governo de Roraima e a União só tem a beneficiar ainda mais o nosso Estado, pois essa força-tarefa continuará a nos auxiliar a manter a segurança dos detentos e dos servidores dessas unidades”, declarou o governador.

O titular da Secretaria de Justiça e Cidadania, André Fernandes destacou que o controle do sistema prisional impacta diretamente na segurança da população no Estado, evitando a ocorrência de crimes na capital, perpetrados de dentro das unidades penitenciárias.

“Com o auxílio da FTIP, nós estamos controlando o sistema prisional há dois anos e meio, e isso tem diminuído os índices de criminalidade aqui fora”, complementou.

Fernandes também ressaltou que o período também será necessário para a realização da posse dos novos policiais penais. “Para que eles trabalhem também dentro das unidades, junto com a força-tarefa, assim produzindo uma rotina de trabalho de forma cadenciada e igualitária para todos”, acrescentou o secretário.

MAIS EFETIVO

Em julho deste ano, o Governo de Roraima iniciou o curso de formação de policiais penais. Hoje as aulas estão na fase prática. Estão sendo desenvolvidas atividades como stand de tiro, aulas de defesa pessoal, escolta de segurança penitenciária e intervenção prisional ganharão destaque.

A qualificação visa reforçar o controle do sistema prisional de Roraima. Para isso, 450 profissionais da área estão sendo atendidos pela formação em âmbito teórico e prático. Deste número de alunos, 335 são homens e 115 são mulheres.

Luiz Valério

Jornalista, escritor, blogueiro e podcaster. Especialista em Comunicação Social e Novas Tecnologias. Profissional de Marketing Digital. Fundador e Editor-chefe do Jornal Roraisul. (Uma ousadia e aventura inesquecível com meu sempre amigo Osmar Morais).

Deixe um comentário